4 dicas para o bem estar do bailarino

Trabalhar com o corpo exige cuidados redobrados com a alimentação e a qualidade dos exercícios físicos.

Dormir bem, comer bem e comer sempre – esse deveria ser o mantra de quem pratica dança e busca qualidade de vida e de desempenho. Seja para quem trabalha com dança ou para quem ama praticar, a alimentação correta garante que você tire o melhor dos exercícios e de você mesmo!

Reunimos aqui uma série de dicas, mas vale lembrar sempre que um nutricionista é o profissional adequado para conhecer seu corpo e suas necessidades alimentares.

1. Dormir bem

tumblr_nm4vd5YFqu1si8uvlo3_1280

É imprescindível para que o corpo se recupere e se prepare para o dia de ensaios ou aulas a seguir. Além disso, o único momento em que nosso cérebro descarta as toxinas que acumulamos durante o dia é durante o sono. Prepare um ambiente agradável, aconchegante e se permita dormir por 8 horas. A diferença no rendimento é notável.

2. Outras atividades

skateboarding_ballerina_by_photoyoung-d4x1ymh

Caminhar, correr, fazer aulas de natação… Seja qual for sua segunda atividade física, devemos prestar atenção para não acumular muitos exercícios (ou o mesmo em grande intensidade). Sobrecarregar o corpo não trará nenhum resultado positivo, e pode levar a lesões e estresses desnecessários.

3. Alimentação saudável

Ballerina_Meals-20-728x494

É a maior aliada de um bailarino. Cuida do corpo, evita lesões, combate o mau humor e prepara a mente. Comer de 3 em 3 horas parece muito? Provavelmente porque você está exagerando na quantidade das refeições, tente deixá-las mais leves e verá a mudança. Para quem está acima do peso, a combinação exercício físico e alimentação saudável ajuda a secar – e para quem quer mais músculos, a alimentação ajuda na construção de tecido muscular forte e saudável.

4. Fuja do estresse!

O figurino não ficou pronto? O brisé volé não está saindo? Paciência! Se há algo que sabemos é o valor da calma e da paciência para aprender coisas novas! Então, exercite sua paciência dentro e fora das aulas e ensaios. O resultado será a redução de dores de cabeças e conflitos desnecessários.

E você, tem um segredo de bem estar para dividir conosco? Conte tudo nos comentários!

Fotos: Skyhdwallpaper / JR Ballet Art Series / Internet / Internet


Comentários

Cássia Martin
Cássia Martin

Produtora de eventos formada pela Universidade Anhembi Morumbi e bailarina formada pela Royal Academy of Dance, possui ampla experiência em gestão de marcas de dança. Atualmente, é colunista dos mais importantes sites de conteúdo para dança do país. Acredita na diversidade no universo da dança e na transformação que a dança traz em nossas vidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.